sábado, 4 de dezembro de 2010

Desafio

Sempre que vou às compras depara-me com um novo desafio.

Por vezes são os preços, comparo preço por litro, por kilo, por dose, por unidade, às vezes até levo a máquina de calcular atrás para grande desespero do maridão para quem as compras são uma ciência desconhecida, e que sinceramente assim gostaria de continuar.
Os odores são outro dos desafios, este cheira a sabão natural, aquele a sol, há uns quantos menos ambiciosos que cheiram a flores, criam sensações, duram 12 horas, alguns conseguem durar dias e dias, mas parece que não podem sair da gaveta, por vezes cheiro tantos que os meus sentidos ficam confundidos, assim experimento um ou outro de vez em quando e escolho a longo prazo.
Tenho também atenção à nacionalidade dos produtos, de preferência compro português, se o fizermos mais vezes contribuímos para o desenvolvimento do país, quando não é possível, escolho o mais barato, é a escolha mais segura.
Gosto de marcas brancas, a maioria das vezes porque são mais baratas e eu adoro produtos bons e baratos, mas por outro lado há marcas às quais sou fiel, outras que me vão conquistando pela qualidade.
Claro que também fico atarantada com tanto creme, liquido e gel, com lixívia, sem lixívia, com cheiro, sem cheiro, tanta diversidade apenas para fazer uma coisa tão banal como limpar um chão, já para não falar nos cosméticos de dia de noite, para esticar para dar elasticidade, com brilho, sem cor, com cheiro, sem terem sido experimentados em animais.

Mas hoje a loucura foi levada ao limite. Eu juro que apenas queria uma lata de tomate e conclui que devia ter tirado um curso superior intensivo em tomates antes de ter tido a veleidade de querer trazer para casa um item tão elaborado. Pois que encontrei latas de tomate pelado, tomate frito, tomate com manjericão, tomate com alho, tomate com cebola, polpa, calda, enfim deparei-me com tanta variedade de tomate que me senti tonta.

Tão cedo não vou querer latas, bastam-me os tomates frescos, aí apenas tenho de decidir entre a consistência a côr e a origem, ainda assim facilita a escolha.

12 comentários:

Maria disse...

Deviam criar também pirilaus a dar com os variados tipos de tomate ihihi

desculpa...não resisti :P

PS: de acordo com a necessidade de curso intensivo :))

Serge disse...

:)

bj doce

BlueVelvet disse...

Vim desejar-te um Santo e Feliz Natal bem como a toda a tua família.
Beijinhos

Quitéria disse...

Festas felizes.

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

pois vegetarianismos

Cris... disse...

Epa, essa da consistência dos tomates dava para um post inteiro!

Gata2000 disse...

Maria - O que tu queres...sei eu!
Eheheheheheheh

Beijinhos de Festas Felizes miuda!

Gata2000 disse...

Serge - Obrigada :)

Festas Felizes para ti

Gata2000 disse...

BlueVelvet - Beijinhos grandes para ti e desejos de Festas Felizes

Gata2000 disse...

Quitéria - E que 2011 seja um ano fantástico, contra todas as expectativas.

Gata2000 disse...

Tu que tens um nome impossível de escrever para quem não conhece outro abecedario que não o ocidental como eu - Ora agora é que disseste uma grande verdade, quando vou comprar carne, é porco, vaca, pato, frango, etc mas sempre na mesma, sem mariquices!
Festas Felizes.

Gata2000 disse...

Cris - Mujer! Há quanto tempo não te lia por aqui. Feliz Navidad e un 2011 muy feliz!

Este meu espanhol é um mimo!!! :)