quarta-feira, 25 de março de 2009

Barbecue

(RECEBIDO POR E-MAIL)
Há quem não saiba como se prepara e como se faz um bom barbecue.



Pois aqui vai:



Talvez porque há um certo risco envolvido na actividade, este é o único
tipo de cozinha a que um verdadeiro homem se deve dedicar: "A cozinha
fora de casa"...

Quando um homem aceita fazer o Barbecue a seguinte cadeia de acções
põe-se em marcha:

1) A mulher compra os alimentos

2) A mulher faz as saladas, prepara as batatas fritas, o arroz e a sobremesa.

3) A mulher prepara a carne para ser cozinhada, tempera-a, coloca-a numa
travessa e leva-a ao homem que já está á espera ao pé do grelhador de
cerveja fresca na mão.

Aqui vem a parte realmente importante da questão:

** 4) O homem coloca a carne na grelha **

5) A mulher vai para dentro e põe a mesa

6) A mulher apercebe-se que o homem está com os outros homem a contar
anedotas e vem cá fora a correr a avisar que a carne se está a queimar

7) O homem aproveita e pede-lhe mais uma cervejinha fresquinha

8) A mulher vem cá fora trazer a cerveja e uma travessa e é então que vem
a segunda parte importante do processo,

** 9) O homem tira a carne da grelha e entrega-a á mulher **

10) Depois de comerem, a mulher tira a mesa, lava a louça, arruma a
cozinha e lava a grelha

11) Toda gente dá os parabéns ao homem pela fantástica refeição que
ele preparou

12) O homem pergunta á mulher se lhe soube bem o tempo de folga de que
usufruiu, e perante o ar chateado dela conclui que há mulheres que nunca
estão satisfeitas com nada ...

E é para isto que os homens servem, PARA ATRAPALHAR!

20 comentários:

Cris... disse...

Opá, miúda...

Genial!

Parabéns pela ironia.
Muito bom...

Gata2000 disse...

Cris - Ele há dias...em que nem os posso ver à frente!

Cris... disse...

Acredito.

Quer dizer...digo eu, que vivo só!

Gata2000 disse...

Cris - Por outro lado, sem eles não tinha do que me queixar, estranho não?! Can't live with them, can't live without.

Cris... disse...

Isso vai ao encontro do meu post.

Ou não?

Ai, que sem viver!

Gata2000 disse...

Claro que vai, já o li e até já fiz um comentário..mauzinho vá, mas hoje é um daquels dias em que os gajos têm um risco, pelo menos os meus que terminaram a noite e começaram o dia a atazanar-me os cornos!

Cris... disse...

Ia dizer-te que esses nervos e coisas passam com uma saida para dançar.
Mas não é verdade.
Passam logo quando há carinho, miúda.
Amanhã, nem te lembras.

BlueVelvet disse...

Genial!
É isto mesmo.
E deu para rir um bocadinho, o que é bom.
Beijinhos

TM disse...

Efectivamente os homens são uns génios no que diz respeito a grelhados.... assim uma coisa para lá de fantabulástica....

Gata2000 disse...

Cris - A dança ajudava, mas eu sei que logo às 18.30 quando chegar à porta da creche e o pirralho olhar para mim com aquele ar maroto e disser "a minha mama" me vou derreter, e depois quando chegar o pai e disser "ai que estou tão cansado", depois de eu já ter feito o jantar e dado banho ao puto, e de comer à cadela, vou olhar para ele e pensar, "tenho mesmo de te amar, porque não é pela tua disponibilidade"

Gata2000 disse...

Blue - Lembro-me que nas férias, quando o meu pai ainda estava em casa era ele que fazia os grelhados, e ficava com um ar de ... dever cumprido, quando na realidade o que se passava era exactamente o que foi descrito. Mas havia uma coisa importante para ele..."está bem passado, no ponto, nem queimado, nem encruado!" Era lindo!

Gata2000 disse...

TM - Eu diria que os homens nasceram para grelhar, que sorte nós não querermos grelhados todos os dias, senão eles iam ter de encontrar outro...hobbie

Cristiana disse...

Ai miúda, haja paciência!

Eu nestas situações gozo comigo e passo o tempo a dizer coisas do género:

- O trabalho de uma mulher NUNCA acaba!

- Isto são coisas para me ralarem a cabeça!

Não ajuda nada mas ao menos alivia!

Gata2000 disse...

Cristiana - Haja paciência sim.

Cada dia passado ao lado da mesma pessoa é uma vitória.

Digo mais, aqueles velhinhos que têm casamentos de 50 anos têm a minha admiração, como os meus avôs, que estiveram casados durante 54 anos antes de a minha avó falecer, e entre altos e baixos lá foram eles cruzando mares, lutando batalhas de braço dado, umas vezes mais agarradinhos, outras mais afastados, como nós, nos ultimos...2 anos de casados e 6 anos de convivência.

E que orgulho que eu tenho em aturá-lo há "tanto" tempo!Que assim seja por mais uns anitos! God willing

Cristiana disse...

Gata,
A convivência entre pessoas não é a coisa fácil ... eu diria até que é a mais complicada e dura batalha que travamos ao longo da vida, seja qual for a relação de que falemos!

Mas enfim ainda não se pode ir tirar uns dias de isolamento para Marte... às vezes tanta falta que fazia!

Gata2000 disse...

Cristiana - Mas se eu fosse para Marte ia ter de arranjar um homenzinho verde para me aturar, e o homenzinho que eu escolhi na terra já me dá tanto trabalho, valha me Deus se eu ia buscar mais lenha para me queimar. Como a minha mãe costumava dizer - Pelo menos com este já sei o que conto. (embora, no caso dela....não fosse bem assim!)

Cristiana disse...

Gata,
A ideia era ir para Marte e não arranjar sarilhos!!

Nem verdes nem amarelos nem às pintas!

Zérinhos!

Pax disse...

Ahahahahah, e mais:
Quando a mulher reclama porque ele nunca cozinhou para ela, esgrime logo aquele churrasco do Verão passado! LOLOLOLOL

Gata2000 disse...

Cristiana - Em todo o caso...

Gata2000 disse...

Pax - Ou pior...o meu pai por exemplo, disse ao advogado de divorcio que tinha contribuido no pagamento da minha educação! E esta, hei!!